Associação Brasileira de Pesca com Mosca

 

CAMI   -   Central de Atendimento ao Mosqueiro Iniciante

 

Perguntas Frequentes

 

Limpeza de Equipamentos

 

  • A partir de quanto tempo de uso da linha de fly é recomendado o uso do dressing  e com que frequência deve ser usado?

 

O dressing deve ser usado sempre que possível, mas principalmente depois de realizada a limpeza da linha.

 

Para realizar a limpeza da linha, que deve ser feita depois de toda pescaria, você vai precisar de um pano limpo, seco e macio e 2 baldes com água morna.  Acrescente detergente líquido neutro num deles e outro somente com água.

 

  • desenrole sua linha de fly inteira dentro do balde com água morna e detergente e deixe por 30 minutos;

  • segure a linha de fly com o pano e puxe continuamente a linha com um leve aperto,  tirando do balde com detergente e colocando no balde com água limpa. Depois de passar toda a linha para o balde com água pura, deixe por mais 30 minutos.

  • após os 30 minutos no balde com água limpa, recolha a linha, passando novamente por um pano limpo e seco, mas dessa vez colocando a linha em um local limpo (em cima da cama, do sofá ou outro local, mas nunca diretamente no chão ou em uma superfície que possa conter pó ou outras impurezas.

Terminado o procedimento acima, pegue uma pequena esponja ou flanela limpa, seca e macia e o dressing.

Aplique um pouco de dressing no pano ou esponja (eu costumo colocar um pequeno "caminho" de dressing), coloque a linha de fly nesse ponto e comece a recolher na carretilha. Se achar necessário, pode reaplicar um pouco de dressing no pano ou esponja antes de terminar de recolher a linha.

 

Seguem abaixo dois links para vídeos sobre a limpeza de linhas de fly.

 

https://www.youtube.com/watch?v=taTfJMpiXeQ

 

https://www.youtube.com/watch?v=BdaC9UiwUQg

 

 

  • A vara e a carretilha também precisam de algum cuidado/limpeza também ou só a linha?

 

Vara e carretilha são equipamentos que devem ser cuidados e limpos após cada pescaria.

 

Lave com cuidado a vara, seus passadores, reel seat e o grip (empunhadura, a parte normalmente de cortiça ou EVA em algumas varas). Nesta limpeza use o lado não abrasivo de uma esponja e detergente líquido neutro. Após enxaguar bem, deixe secar em um local abrigado do sol. Deixar as partes da vara levemente inclinadas para que alguma água que porventura tenha caído dentro das seções da vara, escorra.

 

Para limpar a cortiça do cabo você pode usar sabão ou detergente neutro e uma esponja para lavar panelas com revestimento de teflon. Esfregue suavemente e enxágue em água corrente.

 

Quando a cortiça estiver muito suja, pode-se ser usar também escova e pasta de dente na limpeza, porém, como a pasta é bem abrasiva, seu emprego exige cuidado.  Nas primeiras limpezas é adequado esfregar a pasta suavemente e avaliar os resultados até “pegar a mão“.

 

 

 

Algumas coisas são importantes nos cuidados com as carretilhas. Sempre depois de uma pescaria deve-se limpar a carretilha com pano úmido e deixar as carretilhas fora da capa para secar linha e backing ou este poderá mofar. Depois de limpa e seca, a carretilha deve ser guardada em lugar protegido de umidade.

É recomendável ler as instruções do fabricante quanto à aplicação de óleo ou graxa, pois existem carretilhas que não aceitam seu uso. Ter um case para as carretilhas evita que estas se danifiquem em caso de queda.

 

 

  • Para pescar em água salgada, são necessários equipamentos específicos ou podem ser usados equipamentos para uso em água doce se forem lavados após a pescaria?

 

Após toda pescaria em água salgada, com equipamento específico para esse uso ou não, todo o equipamento deve ser lavado.

 

O uso de equipamentos não marinizados na pesca em água salgada vai danificá-los, mesmo se lavados após uso, pois suas peças não são preparadas para ambiente salgado.

 

As varas de fly para saltwater são feitas com componentes mais resistentes à oxidação, do que aquelas destinadas ao uso em água doce.

 

As carretilhas de fly para mar possuem o que chamamos de "freio selado", o que impede que QUALQUER partícula, por menor que seja,  entre em contato com a parte interna do freio. Além disso, as partes metálicas expostas possuem tratamento específico para aguentar por mais tempo a ação da água salgada.

 

É importante observar que a água do mar não contém só sal. Micro partículas de areia também estão em suspensão na água e podem danificar o equipamento de fly.  Então, independente do equipamento ser preparado ou não para água salgada, lavá-lo após a pescaria é sempre recomendado.

 

 

Um jeito prático de lavar o equipamento no retorno da pescaria é levar o equipamento para o chuveiro na hora do banho. A água morna ajuda a dissolver o sal e tirar resíduos de areia. Depois do banho, basta seguir os procedimentos de limpeza citados acima.

 

 

  • Isso significa que JAMAIS poderei usar meus equipamentos de água doce no mar?

 

Os equipamentos destinados à água doce podem ser utilizados no mar, mas o cuidado vai ter que ser redobrado e a vida útil dele pode ser reduzida.  O uso ocasional (vai para a praia de férias e queria pescar uns 2-3 dias) não trará problemas, desde que seja feito o processo de limpeza completo.  Deve-se evitar mergulhar a carretilha na água salgada ou deixá-la cair na areia da praia, principalmente se esta não apresentar o freio selado.

 

No retorno da pescaria, é aconselhável fazer uma revisão mais detalhada na carretilha: desmontar, retirar graxa velha e fazer a lubrificação recomendada pelo fabricante.

 

* Texto elaborado por Cristina (Moderadora do CAMI) com base nas respostas dadas por Jamanta, André Vergara e Roberto Vaucher.